Incerteza

O que mais me aflinge é a incerteza que eu tenho. Incerteza do que realmente quero, incerteza se vale a pena acreditar,  incerteza se eu continuo ou mudo.

Confesso que sou muito comodo em relação a tudo, e em tempos de transições tento manter uma neutralidade nos meus sentimentos, não ficar muito ansioso e nem muito frustado. Mas penso que  a cada oportunidade mesmo que incerta, não devo cria muita espectativa em cima dela, poís se não der certo pelo menos a decepção é menor, mas e se eu não criar, não darei meu melhor por ele e mesmo que a decepção seja menor ainda vai haver aquele resentimento de “Eu poderia ter feito melhor”. Às vezes gostaria de ser mais dono dos meus sentimentos, mas ao mesmo tempo imagino que assim serei menos humano.

Enfim, acho que devo acreditar. Mesmo com o receio da decepção, ainda acho que devo pelo menos curtir o gosto de pisar descalço na areia.

Anúncios

0 Responses to “Incerteza”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: